Projeto Esporte na Cidade é premiado pela ONU

Existente há mais de dez anos, o Projeto Esporte na Cidade é um dos vencedores do Prêmio de Serviço Público das Nações Unidas 2021, na categoria “Promoção de serviços públicos com perspectivas de gênero para alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)”. O anúncio oficial pela ONU foi realizado nesta segunda-feira, dia 13 de dezembro, em Dubai, durante o Fórum Inovando o Futuro: Novos Modelos de Governo para uma Nova Era para Alcançar os ODS.

 

O projeto foi premiado pela atuação no núcleo Salvador, onde oferece aulas gratuitas de futebol de campo exclusivamente para meninas entre 7 e 17 anos de idade, no estádio de Pituaçu. Na capital baiana, o Esporte na Cidade é realizado pela De Peito Aberto (DPA) por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte com patrocínio do Itaú, Rede SporTV e White Martins e apoio da Setre-Sudesb. Todas as alunas inscritas recebem camisa, short, meião, calçado e máscara (enquanto durar a pandemia) para utilização durante as atividades do projeto.

 

No comunicado oficial encaminhado a ONU destaca: “O desempenho notável da sua instituição demonstrou excelência no atendimento ao interesse público e fez uma contribuição significativa para a melhoria da administração pública em seu país. Na verdade, servirá de inspiração e encorajamento para outros que trabalham para o serviço público”, afirma o documento, assinado por Juwang Zhu, diretor da Divisão de Instituições Públicas e Governo Digital do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas.

 

“Estamos muito felizes por esta conquista. Afinal, trata-se do reconhecimento internacional de uma instituição importante e de peso como a ONU. Este prêmio diz respeito à valorização da gestão pública, e fico muito orgulhoso de ter sido o Governo da Bahia, por meio da SETRE/Sudesb, a conquistar esta honraria”, destaca Vicente, que durante o Fórum, em Dubai, terá espaço para apresentar a experiência do projeto Esporte na Cidade na Bahia.

 

O gestor lembra que a premiação se refere à execução do projeto na edição 2019-2020. “Agora, em 2021, o projeto está ativo novamente e de forma ampliada. Dobramos o número de meninas atendidas – saímos de 150 para 300 – e abrimos mais um núcleo, mantendo o do estádio de Pituaçu e inaugurando o núcleo no ginásio de Cajazeiras, um dos bairros mais populosos de Salvador”, conta Vicente, afirmando que a ideia é expandir a experiência ainda mais na capital e também no interior.

 

Outro que se mostrou bastante satisfeito com a conquista foi o diretor fundador da instituição De Peito Aberto, Hagmar Madeira. “Estamos comemorando, agora em 2021, 15 anos de funcionamento da DPA. Este prêmio é o maior já conquistado por nossa entidade. Assim, o projeto Esporte na Cidade torna-se o maior ‘case’ de sucesso destes anos de funcionamento da DPA”, disse Hagmar.

 

Além da Bahia, o projeto Esporte na Cidade é realizado em outros dois estados brasileiros. São eles: Minas Gerais e Pará. Ao todo, mais de 3000 crianças são beneficiadas pela iniciativa em mais de 10 cidades Brasil à fora.

Compartilhe o Post:

Posts Relacionados